Cases

Case Neoyama

Cliente: Neoyama
Escritório de design responsável pelo projeto: DDID
Projeto: Kit para impressora térmica para autoatendimento
Mercado-alvo do produto: América do Sul

A Neoyama, empresa brasileira de produtos mecatrônicos para automatização de máquinas e equipamentos está no mercado há 5 anos e atua fortemente no fornecimento de impressoras térmicas para relógio eletrônico de ponto (REP). Para aumentar a participação no mercado de impressoras para terminais de autoatendimento, a empresa percebeu, via programa Design Export, a possibilidade de expandir seus negócios.

“Os fabricantes de totens necessitam de uma impressora térmica de baixo custo e que também possa atender o conceito slim que o mercado tem pedido”, diz o supervisor de produtos da Neoyama, Jean Dalchau. Foi então que a DDID, escritório de design responsável pelo projeto, entrou em cena.

O projeto consiste em um kit com placa eletrônica e mecanismo térmico de impressão totalmente versátil e preparado para ser aplicado em qualquer projeto de totem de autoatendimento. O projeto foi desenvolvido com o objetivo de criar uma identidade e novas funções para o produto sem agregar custos. “Tivemos como foco o apelo estético, o baixo custo de produção, novas funcionalidades, simplificação de mecanismos e redução de número de peças”, diz Guilherme Oliveira de Almeida, designer da DDID.

A Neoyama tem metas ambiciosas de crescimento e por isso novos mercados e novos produtos se tornaram importantes para alcançar os objetivos da empresa. “Acreditamos que o projeto do Design Export trará abertura para Neoyama na América do Sul, pois os totens de autoatendimento são uma tendência”, reflete Jean.

O projeto levou o nome de Impressora Escriba e o seu grande diferencial é o tamanho compacto (comprimento 164,5 x largura 109,2 x altura 251,9), é de fácil instalação e possui um custo reduzido.

As vendas desse produto devem ser iniciadas ainda em 2017, fazendo o produto passar por uma fase probatória. “Passando essa fase vamos levar o produto a novos mercados”, diz Jean.

A participação da empresa no Design Export foi a primeira experiência da Neoyama com uma empresa de design e teve um impacto positivo. “A velocidade e assertividade no desenvolvimento da proposta de solução foi uma surpresa. Vimos o quanto é positivo inserir design em nossos projetos. Essa experiência nos fez vislumbrar oportunidades futuras”, finaliza Jean.

Voltar

Realização Design Export Centro Brasil Design Apex-Brasil

Design Export