Cases

Case Sanhaçu

Cliente: Cachaçaria Sanhaçu
Escritório de design responsável pelo projeto: Herbert Perman Design
Projeto: Embalagens para cachaça premium
Mercado-alvo do produto: Estados Unidos e Áustria

A Sanhaçu, marca pernambucana de cachaça orgânica é o primeiro alambique do país a ser abastecido totalmente com energia produzida somente pela luz solar. A marca já conquistou diversos prêmios internacionais e é reconhecida nacionalmente pela qualidade do seu produto.

Mirando o mercado externo, Oto Barreto Silva, sócio administrador da empresa, viu a possibilidade de revitalizar as embalagens dos produtos que chegarão ao exterior. “O setor de cachaça de alambique tem sido dominado por empresas que apostam em produtos Premium, com embalagens mais elaboradas e preços compatíveis com destilados como conhaque, uísque ou rum”, comenta Oto.

Via Design Export, a empresa foi conectada com o escritório Herbert Perman Design, que trabalhou por cerca de oito meses no projeto das novas embalagens. “O designer trouxe pontos de vista considerando o lado da embalagem enquanto a equipe da Sanhaçu trazia a experiência no mercado de cachaça”, diz o empresário.

De acordo com Fred Perman, da Herbert Perman Design, o ponto alto desse projeto é o formato diferenciado da garrafa aliado ao rótulo preto e sóbrio.  “Isso somado aos selos de premiações e ao selo de produto orgânico trazem grande força de venda e diferenciação no ponto de venda”, reflete o designer.

As embalagens secundárias – a caixa para a garrafa, e a caixa com alça para o Kit de garrafa com taça personalizada – sofisticaram e agregaram ainda mais valor ao produto, ampliando as opções para o consumidor que está disposto a pagar mais por um produto de alta qualidade. “As novas caixas são feitas em cartão supremo, com laminação fosca, hotstamping ouro, verniz localizado, alça e visor levaram o produto para um novo posicionamento na categoria, validando a sua qualidade”, ressalta Perman.

Três novas embalagens já foram colocadas em teste no mercado interno enquanto aguardam as negociações com o mercado externo, com previsão para iniciar em julho de 2018. Nessa fase de testes, a empresa apresentou um acréscimo de vendas de 6%.

“O investimento em design desde a criação da empresa tem tido um retorno bastante significativo. A visão de um profissional da área elevou o conceito das nossas embalagens e abriu portas para conquistarmos o mercado internacional”, finaliza Oto.

 

 

 

Voltar

Realização Design Export Centro Brasil Design Apex-Brasil

Design Export